2009-12-04

Comentário... a propósito do provérbio chinês

Acho que não pode mesmo ficar sem comentário!
Em relação ao provérbio, confirma-se mais uma vez a enorme sabedoria do "povo chinês". Faz-me lembrar outro provérbio (este português), que era muito referido pelas gentes da serra algarvia: “de boas intenções está o inferno cheio”.
Outra situação que precisa mesmo de ser comentada, é… a falta de comentários! E não se pense que é por escassez de mão-de-obra, já este blog “dispõe”, mais coisa menos coisa, de cerca de cinquenta comentadores oficiais… onde ainda por cima eu me incluo! È verdade que não há trabalho suficiente para tanta gente, já que, se retirarmos as contribuições do professor, além da falta de comentários, há uma falta bem mais grave: a falta de “objectos de comentário”… na proporção devida!
É verdade que estou a escrever um pouco a medo, porque me lembrei de outro provérbio das gentes da serra; “diz o tacho p’rá panela, chega-te p’ra lá, não me tisnes”, mas ainda assim arrisco o apelo:
Vá lá pessoal! Vamos fazer um esforço para, em primeiro lugar, “dar trabalho a estes comentadores” e, se for possível, ajudá-los na nobre tarefa de comentar.
Ah, esqueceu-me a dizer que além dos cinquenta comentadores oficias, estão ainda contratados outros tantos fornecedores de “objectos de comentário”… ou serão os mesmos?
Zé Manel
(aluno do 2ºano-regime diurno)

1 comentário:

Catarina Viegas disse...

Bem...eu sempre que possível, faço questão de deixar o meu comentário. Até por que também tenho um blog e gosto quando o pessoal comenta. Ouviram? :-)
Mas lá está...não é por falta de acesso a este blog. Temos colegas que imprimem todos os posts, portanto o conteúdo é bom. Mas o tempo é escasso...o tempo...lá está. Não há tempo para nada. Trabalhar, tratar da casa, trabalhos de escola, ah… e também recensões criticas que nos dão cabo da cabecinha. Não é prof. Joca?